Notícias

Decisão ministerial altera regras sobre a dinâmica do trabalho em feriados no comércio

A nova altera as regras, fortalecendo sindicatos e estabelecendo condições específicas para atividades em feriados e domingos.

Em uma medida que gera impacto em diversos setores econômicos, o Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, revogou uma portaria previamente implementada durante a gestão Bolsonaro, a qual flexibilizava as regras para a realização de atividades laborais em feriados. Esta decisão, promulgada em uma nova portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) na terça-feira (14), impacta significativamente o panorama do trabalho no Brasil.

O cerne da alteração reside na exigência de previsão em convenção coletiva da categoria para que os funcionários possam desempenhar suas funções durante feriados, em contrapartida à permissão anteriormente permanente. Anteriormente, um acordo direto entre empregador e empregado era suficiente para comunicar sobre o expediente em dias feriados, desde que observada a jornada estabelecida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) .

Especificamente no caso dos domingos, a necessidade de convenção coletiva é dispensada se existir uma lei municipal autorizando o funcionamento dos estabelecimentos, inserindo uma variável adicional na equação que regulamenta o trabalho nesses dias. Este movimento busca equilibrar os interesses dos trabalhadores, empregadores e o arcabouço legal que rege o setor, proporcionando uma mudança substancial no cenário trabalhista nacional.

voltar

Links Úteis

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 5.4301 5.4316
Euro/Real Brasileiro 5.8132 5.8212
Atualizado em: 21/06/2024 17:59

Indicadores de inflação

03/2023 04/2024 05/2024
IGP-DI -0,30% 0,72% 0,87%
IGP-M -0,47% 0,31% 0,89%
INCC-DI 0,28% 0,52% 0,86%
INPC (IBGE) 0,19% 0,37% 0,46%
IPC (FIPE) 0,26% 0,33% 0,09%
IPC (FGV) 0,10% 0,42% 0,53%
IPCA (IBGE) 0,16% 0,38% 0,46%
IPCA-E (IBGE) 0,36% 0,21% 0,44%
IVAR (FGV) 1,06% 1,40% 0,21%